Vistas:
Disponível a partir de 5 / 12 /2022.

 

O Gecond pode ser configurado para emitir e enviar recibos, de forma completamente automática, para os pagamentos efetuados através do uso de referências Multibanco ou Payshop associadas a pacotes fornecidos pela Lusopay.

Os recibos serão criados com a forma de pagamento "Multibanco" ou "Payshop", e movimentarão a conta bancária principal do condomínio.

 

A configuração do lançamento automático pode poupar bastante tempo, já que a alternativa passa pela emissão individual de cada recibo, o que pode ser feito através da opção "Lançamentos > Referências Recebidas", ou da emissão usual pela opção "Lançamentos > Recebimentos".

Para preparar o Gecond para efetuar esses lançamentos automáticos de recibos deve aceder à página de configurações. Para isso, escolha "Administração > Configurações" na barra lateral de opções.

 


 

Na página de configurações, deve clicar na aba "Gecond".


 

Esta página tem um conjunto alargado de opções, que permitem controlar vários aspectos do funcionamento da plataforma; a secção "Recebimentos" contém as definições relacionadas com a emissão automática de recibos.

 

 

Veremos de seguinda o significado de cada uma das configurações associadas aos recebimentos de referências Multibanco. Tenha sempre em atenção que, para efetivar qualquer alteração que efetue sobre qualquer uma destas opções, deverá sempre clicar em "Gravar", na parte superior da página.

 

Criar recibos automaticamente para recebimentos automáticos

 

 

A seleção desta opção ativa o lançamento automático de recibos. Por padrão, o lançamento é feito apenas quando o valor recebido é exatamente igual ao valor da dívida atual do condómino, mas existe uma definição que pode alterar esse comportamento, como veremos já de seguida.

 

A emissão será feita apenas para os pagadores que tenham definido na sua ficha a preferência de receção de recibos por e-mail (pode ter ou não a preferência de receção por papel):

 

Quando ativa esta opção, uma nova área com mais duas configurações fica disponível:

 

 

1 - Criar recebimentos automáticos se o valor recebido for inferior ao valor da dívida

 

Esta opção muda o comportamento padrão da emissão automática de recibos; neste caso, a emissão passará também a ser feita se o valor pago for inferior ao valor da dívida atual do pagador.

Neste caso, o recibo emitido automaticamente liquidará documentos de acordo com o seguinte critério:

  • Todos os eventuais créditos ou adiantamentos com algum valor ainda por utilizar são incluídos.
  • São incluídos avisos de cobrança com valor por liquidar, do mais antigo ao mais recente, até completar o valor recebido.

 

2 - Não emitir recibos automaticamente para condóminos em contencioso ou pré-contencioso

 

Com esta opção ativa, não serão gerados automaticamente recibos para os pagamentos Multibanco efetuados por entidades que tenham algum processo de contencioso ou pré-contencioso ativo (não concluído) no condomínio associado ao pagamento. Se desejar efetuar a emissão do recibo, deverá faze-lo manualmente.

 

As duas configurações seguintes são independentes do lançamento automático de recibos. São aplicadas mesmo quando o recebimento é efetuado, de forma manual, na página de referências recebidas ("Lançamentos > Referências Recebidas").

Entretanto, se emitir um recibo a partir da opção usual ("Lançamentos > Recebimentos" ou "Lançamentos > Recibos > Adicionar") estas configurações não serão usadas. Somente na págian de referências recebidas o Gecond tem informação suficiente para aplciar corretamente estas definições.

 

Para recebimentos por Multibanco ou Payshop, a data de emissão deverá ser a do dia útil seguinte à data de pagamento

 

 

Esta opção controla a data de emissão do recibo. Se o recibo for emitido automaticamente, o comportamento será o seguinte:

  • Se a opção não estiver marcada, o recibo terá a mesma data que a do pagamento efetuado pelo condómino no multibanco ou via Payshop.
  • Se a opção estiver marcada, o recibo terá a data do primeiro dia útil de semana a seguir ao dia em que o pagamento foi efetuado no multibanco ou via Payshop.

    Dois exemplos para perceber o uso desta opção

    • Se o pagamento for efetuado no dia 2 / 12 / 2022, que é uma sexta-feira, o recibo será emitido com a data de 5 / 12 / 2022, que é a segunda-feira seguinte.
    • Se o pagamento for efetuado no dia 5 / 12 / 2022, segunda-feira, o recibo será emitido com a data de 6 / 12 / 2022.

 

Se a opção de lançamento automático de recibos não estiver ativa, mas tentar emitir o recibo a partir da página de referências recebidas, o Gecond sugerirá a data de emissão do recibo de acordo com estas regras, mas poderá, se necessário, alterar manualmente essa data.

 

Lançar automaticamente uma despesa do condomínio com os custos Multibanco/Payshop para cada referência recebida

 

Esta opção permite ativar o lançamento automático de uma despesa com o custo da transação. 

Como o valor transferido pela Lusopay para a administração do condomínio abate o custo da transação ao valor pago pelo condómino, tem assim uma maneira de lançar automaticamente este custo.

 

Como dito anteriormente, esta configuração é independente do lançamento automático de recibos. Mesmo quando efetuar um recebimento na página de referências recebidas ("Lançamentos > Referências Recebidas"), a ativação desta opção lançará automaticamente a despesa com o custo da transação.

 

Ao marcar esta opção ficam disponíveis duas novas opções que deverão ser obrigatoriamente preenchidas:

 

 

1 - Rubrica  -  deve indicar a rubrica que será associada às despesas a criar.

2 - Fornecedor  -  deve indicar o fornecedor que será associado às despesas.

 

A despesa é criada aplicando automaticamente a taxa de IVA em vigor, 23%, ao custo da transação, que é automaticamente descarregado junto com o valor recebido, pelo que não é necessário defini-lo.

Por exemplo, se o custo da transação descarregado com o pagamento for de 0,95 € a despesa será automaticamente criada com o valor de 0,95 x 1,23 = 1,17 €.

A despesa criada automaticamente tem as seguintes características:

  • É do tipo "Orçamento".
  • Tem a descrição "Comissão pagamento Multibanco/Payshop - Recibo nº ###", em que ### tem o número do recibo que deu origem à geração da despesa.
  • É distribuída por todas as zonas e frações segundo a permilagem.
  • As suas datas de emissão e de vencimento serão iguais à data de emissão do recibo.
  • O valor da despesa será igual ao valor do custo da transação (acrescido da taxa de IVA).
  • É dada como liquidada na data de emissão.
  • A forma de liquidação será "Multibanco" ou "Payshop", consoante o tipo da referência usado no pagamento.
  • Movimentao a conta principal do condomínio.

 

 

Como é feito o lançamento?

 

Uma vez por dia um serviço especializado da plataforma verifica a existência de novos pagamentos de referências Multibanco ou Payshop da Lusopay (mesmo que não esteja a usar o Gecond).

Para cada pagamento detectado o Gecond verifica se estas condições são satisfeitas:

  • Opção "Criar recibos automaticamente para recebimentos automáticos" está ativa.
  • Valor liquidado é exatamente igual à dívida
    ou
    opção "Criar recebimentos automáticos se o valor recebido for inferior ao valor da dívida" está ativa é valor liquidado é inferior à dívida
  • Se a opção "Não emitir recibos automaticamente para condóminos em contencioso ou pré-contencioso" estiver ativa, pagador não tem nenhum processo ativo no condomínio das quotas que liquidou.
  • Condómino tem endereço de e-mail válido e preferência de receção de recibos por e-mail ativa.

Se forem todas as condições satisfeitas, o recibo é automaticamente gerado e enviado por e-mail para o condómino.